Medicina Chinesa

O que trata a Medicina Chinesa?

 

Dor Aguda e Crónica

Tensão muscular generalizada, Osteoartrite (joelhos e anca), Ciática, Dor de pescoço, Lombalgia, Tendinite, Síndrome do Canal Cárpico,
Fascite Plantar, Esporão do Calcâneo, Cefaleias e Enxaquecas, Artrite, Fibromialgia

 

Digestivas

Enfartamento frequente, Náusea e Vómitos, Síndrome Cólon Irritável, Azia, Refluxo gastro-esofágico, Gastrite, Prisão de Ventre

 

Emocionais

Insónia, Ansiedade, Ataques de Pânico, Sintomas de Stress, Alterações de humor frequentes


​​Respiratórias

Gripe, Tosse, Sinusite Aguda e Crónica, Rinite Alérgica​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

Ginecologia

Tensão Pré-Menstrual, Dismenorreia (menstruação dolorosa), Amenorreia (ausência de menstruação), Sintomas da Menopausa​

 

Dermatologia

Queda do cabelo, Alopecia, Acne juvenil e adulto, Eczema, Urticária, Rosácea​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

Estética

Emagrecimento, Obesidade, Rugas, Cicatriz, Celulite, Estreias,...

Não precisamos esperar ficar doentes para procurarmos tratamento! Assim é a visão da Medicina Tradicional Chinesa! Quando falamos em saúde, há uma grande diferença entre a visão oriental e ocidental.

Enquanto no ocidente esperamos ficar doentes para procurarmos um médico ou especialista, no oriente as pessoas realizam consultas e tratamentos para se manterem saudáveis. Curioso, não? Ainda hoje no ocidente, muitos vêem as práticas da Medicina Tradicional Chinesa como uma forma de tratamento para doenças. “Esperar ficar doente para procurar o médico é como esperar ter sede para começar a cavar o poço.” Imperador Amarelo. Segundo a Medicina Tradicional Chinesa, além do corpo físico, possuímos canais de energia e estes quando têm sua circulação interrompida seja por bloqueio ou obstrução (causados por stress, má alimentação, sedentarismo, entre outras causas), geram desequilíbrios para o corpo, também conhecido como doença no ocidente. Geralmente quando vamos ao médico e relatamos os sintomas que estamos sentindo (uma dor de cabeça, por exemplo), nos é dada uma medicação para aliviar os sintomas e não é investigado o real motivo do qual se gerou esta dor. Já na Medicina Tradicional Chinesa, este sintoma serve como ponto de uma investigação minuciosa para descobrir por qual motivo houve este desequilíbrio, ou seja, somos analisados como um todo. Com esta investigação, é possível realizar um tratamento que não atue só nos sintomas, mas também nas causas deste desequilíbrio. Para iniciar um tratamento segundo a Medicina Tradicional Chinesa, é necessário antes realizar uma investigação minuciosa dos sintomas relatados pelo cliente. Vale lembrar que o primeiro atendimento é apenas para que o terapeuta possa recolher as informações necessárias sobre o histórico do cliente e com isso, seguir uma linha de tratamento.

Podemos destacar as seguintes análises do histórico do paciente: 

alimentação, pulso, língua, transpiração, odores, condições climáticas do ambiente em que se vive. Depois desta análise detalhada do indivíduo, o terapeuta especializado em Medicina Tradicional Chinesa irá realizar um tratamento de acordo a necessidade do paciente, podendo utilizar algumas terapias como Acupuntura, a Massagem Chinesa Tui Na, Fitoterapia, a Ventosaterapia e a Auriculoterapia entre outras terapias.

 

As terapias da Medicina Chinesa

ACUPUNTURA

A Acupuntura é uma técnica que utiliza a capacidade natural do corpo de retornar à normalidade. É um dos pilares da medicina chinesa, foi introducida em Europa no século XIX. Em 1979 a Organização Mundial da Saúde reconhece a acupunctura como eficaz para o tratamento pelos menos de 49 doenças, lista que se tem aumentado graças à várias investigações nos anos seguintes. Os efeitos terapêuticos da Acupunctura são obtidos através da inserção de agulhas sólidas e extremamente finas nos tecidos. Hoje em dia, a Acupunctura é um tratamento usado em vários hospitais e Centros de Saúde nos Estados-Unidos, China, França, Espanha, Inglaterra e reconhecida em Portugal desde setembro de 2013.

OS BENEFÍCIOS :
Dores da coluna vertebral, Reumatismo, Períodos dolorosos, Problemas de digestão, de respiração, Problemas sexuais, Problemas hormonais, Problemas da pele, Alergia, Depressão, Problemas de sono, Problema ligado ao fim de fumar, Preparação para o parto.

FITOTERAPIA

A Fitoterapia é uma disciplina da medicina natural que utiliza as plantas para fins terapêuticos. Aliviar os sintomas de doenças graves, curar problemas menores e fortalecer o sistema imunológico, conservando o equilíbrio, são os objectivos da fitoterapia. O primeiro texto sobre plantas medicinais data do ano 3000 a.C. e foi escrito pelos sumérios, um povo oriental. Sabe-se também que no Egipto, Cleópatra utilizava aloe para potenciar a sua beleza e hoje esta planta é usada, por exemplo, para tratar queimaduras solares. A principal vantagem da fitoterapia é que, embora a sua acção seja profunda, não agride o organismo, pois estimula as defesa através das propriedades curativas de extractos de plantas, flores, árvores e ervas. Princípios curativos, 25% dos medicamentos tradicionais contém substâncias de origem vegetal, já os fitofármacos são medicamentos elaborados a partir dos princípios activos vegetais. Estes princípios são as vitaminas, os minerais, os hidratos de carbono, os micro elementos e agentes curativos específicos que ajudam o corpo na sua luta contra a infecção. Especialmente, as ervas usam-se para aliviar doenças e impedir que esta volte. Também servem para desintoxicar o organismo.

 

 

 

A Ventosaterapia tem como base à colocação de uma campânula de vidro sobre a pele, após fabricar vácuo pela queima do ar no seu interior, geram uma sucção no local. É um método não invasivo que pode ser usado para uma ampla variedade de problemas, é de fácil execução e acima de tudo, é eficaz. A Ventosaterapia facilita as trocas gasosas e regula o PH sangüíneo, trazendo um efeito reflexo quando aplicada nos pontos de acupuntura. Pode ser utilizada como massagem. A aplicação de ventosas no corpo traz um extraordinário benefício, tanto físico como psíquico. Além de tratar doenças, fica aqui alguns exemplos (asma, paralisia facial, tosse, enfermidades da pele, fadiga…), é usada para a manutenção do bem estar. O efeito Ventosaterapia pode ser classificado em duas categorias:

-efeito geral (purificação do sangue, melhora das funções circulatórias, aperfeiçoamento e regularização do sistema nervoso autônomo)
-efeito local (remoção da dor, relaxamento dos músculos e articulações e efeitos sobre os orgãos digestivos)
Também pode ser realizada uma massagem com deslizamento utilizando a ventosa, sendo que neste caso a sucção é mais leve. Portanto, nesta situação o risco de hematomas é bem menor.Esta técnica promove um relaxamento muscular rapidamente.
A Ventosaterapia pode ser aplicada em pessoas de qualquer idade, no entanto, tem contra indicações. Está contra indicada nas pessoas com suspeita de hemorragias de qualquer natureza, sobre queimaduras do sol ou de outra origem, em feridas abertas ou trauma recente. Durante a gravidez evite a sua aplicação.

VENTOSATERAPIA

AURICULOTERAPIA

A auriculoterapia está baseada na existência de zonas reflexas localizadas na orelha que têm propriedades terapêuticas particulares. Estimular um ponto na auriculoterapia permite estimular um órgão específico por intermédio do sistema neuro-vegetativo. Segundo a teoria da medicina Chinesa, localizam-se na orelha 120 pontos de acupunctura que estão associados a diferentes partes do corpo. O diagnóstico e o tratamento estabelecem-se a partir do exame geral do paciente e do exame local da orelha. Em Auriculoterapia, utilizam-se ferramentas especificamente concebidas para a aurícula. As agulhas ou esferas são indolores para o paciente.

ELECTROSTIMULAÇÃO 

A electrostimulação é um procedimento que utiliza cargas elétricas (correntes) para diversos objetivos entre eles, tratamento de flacidez tecidual, tonificação muscular e drenagem linfática. É possível, também, usar a estimulação para um tratamento especial. Programa-se o aparelho para múltiplas ações e obtém-se, assim, um pouco de cada tratamento. A estimulação provoca contração muscular, o que aumenta a circulação sanguínea, melhora a oxigenação celular e elimina toxinas. Indicações: melhora do fluxo sanguíneo e do fluxo linfático; tratamento contra celulite, gordura localizada e edema pós-traumático agudo e crônico. Número de sessões: de cinco a dez, a depender de avaliação. A eletroestimulação é contraindicada nos seguintes casos: cardiopatias congestivas, portadores de marca-passo, patologias circulatórias como flebites, embolias, varizes, tromboflebites, gestantes, hiper e hipotensos descompensados, processos infecciosos e inflamatórios, neoplasia, renais crônicos, patologias pulmonares como enfisema, tumores cutâneos, grandes dermatoses, fragilidade capilar, doenças infecciosas evolutivas, reumatismos inflamatórios, insuficiência cardíaca, febre e varizes.

MASSAGEM TUI NA

A massagem Tui Na é uma das antigas artes de cura da medicina tradicional chinesa. A massagem chinesa Tui Na tenha vindo a ser utilizada na China há mais de 4 mil anos, e ainda hoje é utilizada em hospitais e clínicas de todo o país. O terapeuta faz directamente sobre os meridianos, pontos e outras partes do corpo, múltiplas técnicas de massagem. Este método terapêutico contribui para a desobstrução dos meridianos, promove a circulação da energia e do sangue, regula as funções dos órgãos internos e lubrifica os tendões e ossos, pelo que permite prevenir e tratar algumas patologias e melhorar o bem-estar físico e psicológico da pessoa.

 

MEDICINA CHINESA ESTÉTICA 

A Medicina Chinesa Estética é um ramo relativamente recente em Portugal, mas bastante desenvolvida e aplicada na China e no Brasil. Utiliza-se os princípios da Medicina Tradicional Chinesa combinando-os com técnicas mais atuais sendo uma alternativa eficaz à cirurgia plástica. Em alguns casos utiliza-se agulhas de acupuntura, mas também se utiliza eléctrodos descartáveis, colocados em determinados pontos de acupunctura, que são ligados a um electroestimulador com recurso a parâmetros precisos e seguros.

A MC Estética combate: Rugas, Acne, Cicatriz, Obesidade, Gorduras Localizadas, Celulite, Peito descaído, Varizes, Estrias, Flacidez Muscular

 

 

 

TARIFAS

 

Tratamento de Medicina Chinesa 60min (inclui uma massagem de 30min) : 

1era 45€ / à partir da 2sd 40€

Pacote de 5 sessões 180€ / Pacote de 10 sessões 300€

 

Tratamento de Medicina Chinesa de 1h30 (inclui uma massagem de 60min) : 

65€  cada tratamento

Pacote de 5 sessões : 250€ / Pacote de 10 sessões : 400€

 

Tratamento de Medicina Chinesa Estética :

55€ cada tratamento

Pacote de 5 sessões 225€

 

Massagem Chinesa Tui NA :

1h : 50€ / 1h30 : 70€

Pacote de 4 massagens : 160€ / de 8 massagens : 280€